PROJETOS Escola de Gastronomia SOCIOEDUCATIVO

ESCOLA DE GASTRONOMIA

A Escola de Gastronomia Periférica, já formou 230 alunos, capacitando e gerando oportunidades. A cada ano, buscamos ampliar ainda mais a quantidade de pessoas a serem contempladas pelos nossos cursos, no ano de 2021 a escola dá um grande salto, agora com uma plataforma de ensino a distância, alunos de todos os estados do Brasil, poderão se inscrever em nossos cursos.

Temos como meta promover o direito universal à inclusão social e cultural de jovens e adultos vulneráveis socialmente, através do projeto de vida que seja posto em prática por meio da gastronomia. Formando profissionais de cozinha aptos a realizar suas funções de acordo com as necessidades do mercado, oferecendo excelência, disciplina e inovação.

Construindo diferentes ferramentas de conscientização sobre desperdício e aproveitamento total dos alimentos, gerando possibilidades de empreender e conectar pessoas através da gastronomia.

PROFESSORES

Edson Leite

Edson Leite, Chef de cozinha, assistente social de formação e fundador da Gastronomia Periférica. Viveu em Lisboa de 2006 a 2012, lá aprendeu sobre culinária no restaurante Leitaria Gourmet. Ao retornar para o Brasil, iniciou seus estudos na área de Serviços Social pela Uniesp (2016), e aprofunda seus conhecimentos sobre culinária brasileira, através do olhar periférico, conscientizando sobre desperdício e impacto social. Edson, escreveu o livro “Porque criei a gastronomía periférica”, onde conta toda a sua trajetória até a criação da GP. Chef Edson, possui dois programas “Me Poupe” e “Minha Receita” (Band), e dá aulas para os alunos que participam dos cursos oferecidos pela Escola Gastronomia Periférica. Além de promover o “Somos Ponte” fundo de ajuda solidário para famílias em situação de vulnerabilidade nas periferias de São Paulo.

Anabela Gonçalves

Socióloga e educadora popular com extensão em estudos da Genealogia do gênero -PUC -SP. Com experiência em gerência de projetos, planejamento e acompanhamento de equipe de ação e educadora. Atua como presidenta da organização social Bloco do Beco, além de 20 anos como ativista na Periferia Sul com ações na área de gênero, política e cultura, em coletivos como KATU de educação, Fala Guerreira e Periferia Segue Sangrando

Ronaro Soares

Olá, sou o Ronaro Soares, nasci e cresci em Contagem MG, venho de uma família simples, perdi minha mãe quando eu tinha 6 anos, não conheço meu pai e perdi minha vó que me criou aos 17 anos. Aos 21 anos tive a oportunidade de ser adotado por uma família que me deu condições de estudar, trabalhar e investir nos meus sonhos. Em 2019 mudei para Sp e comecei a trabalhar com café, foi a oportunidade que eu tinha quando cheguei. No café tive muitas oportunidades e ferramentas para me desenvolver, alem da experiência sensorial com o alimento café pude me desenvolver e evoluir como pessoa e profissional. Hoje sou Barista e agora instrutor da matéria café na Gastronomia Periférica. O café para mim trouxe evolução, esperança, vontade de lutar e acreditar que tudo muda quando estamos destinados. Reconheço as oportunidades e ferramentas que foram me dadas e por isso será um prazer oferecer o mesmo para esses alunos.

Daniela Meira

Mulher encantada por palavras e abraços, mãe da Luna, feminista, educadora social, mediadora de leitura, poeta, articuladora cultural, pedagoga, empreendedora, massoterapeuta, naturopata. Filha de Lourdes e Hélio, nasceu e mora até hoje na periferia de São Paulo, zona sul. Publicou em 2014 de forma independente o livro de poesias “Sentinela dos meus Desejos”. Acredita que a leitura e a educação comunitária tem o poder de transformar mundos. Atua na Gastronomia Periférica desde 2019.

Diego Santos - @diegosantosbrasil

Graduado em Eventos e MBA em Gastronomia pela HOTEC (2010-2014), Graduado também em Ciências Gastronômicas (2014-2018) na Itália. Através desta graduação na Itália teve a oportunidade de viajar por vários países diferentes culturas gastronômicas e projetos sociais. Ainda no Brasil trabalhou por dez anos na cozinha onde exerceu todas as funções, desde pia até chefe executivo.
Na busca da troca de saberes e sabores foi coautor do livro A Arca do Gosto no Brasil publicado pela editora Slow Food no ano de 2017.
Atualmente é Coordenador da Gastromotiva São Paulo, atua na área de Gastronomia Social, que utiliza a gastronomia como ferramenta de transformação social.

Patricia Ribeiro dos Santos - @patybolos2502

Comecei minha rotina na panificação e confeitaria em 2002 no Cesprom - Centro Scalabriniano de Promoção ao Migrante, onde fiz o curso profissionalizante na área. Fiz alguns estágios e, logo depois de um processo de seleção, comecei a ensinar como professora no mesmo lugar em que me formei. Foram 15 anos nessa casa que me acolheu tão bem. Em 2013 passei a ensinar também no Centro Social do Instituto Maria Imaculada, onde estou até hoje dando aula não só de panificação e confeitaria, mas também de culinária. Ao longo desses quase 20 anos de carreira, também fui voluntária na Casa Transitória, em parceria com o Senai, onde ensinava essa paixão pela confeitaria e panificação para pessoas carentes das comunidades da região do Belém. Mas a paixão começou antes. Desde pequena eu sempre gostei de culinária e ensinar essa paixão é o que me motiva a seguir todos os dias nessa caminhada.

Gab Thalg - @gabthalg

A Chef Gab Thalg é uma paulistana de 28 anos, criada na Zona Norte da cidade, que iniciou sua carreira quando decidiu explorar/estudar as mais diversas culturas gastronômicas e embarcou em companhias de cruzeiros italianos e americanos. Foram anos em que teve a chance de visitar mais de 25 países e absorver todo o amor e a técnica que cada cultura aplica em seus ingredientes. Já de volta ao Brasil, trabalhou em diversas cozinhas especializadas complexas como o espanhol Sancho Bar Y Tapas e, atualmente, o francês Bistrot de Paris. Também participou de projetos do ramo gastronômico, como o reality show Talentos da Gastronomia, organizado e apresentado pela Nespresso Brasil (disponível no YouTube). Tendo isto, a Chef foi capaz de desenvolver seu conceito de trabalho: misturar todas essas influências e experiências em pratos contemporâneos e criativos, mas que exigem toda a precisão e a técnica da cozinha clássica, demonstrando todo o respeito e o amor que cada alimento e seus processos exigem.

Lucia Helena Castiglioni Ramos dos Santos - @lucia.castiglioni.94

Mulher, mãe, educadora, cozinheira e ativista militante, professora, produtora, cursou letras e pedagogia, e desde 2012 atua na produção e desenvolvimento de oficinas de gastronomia com foco em alimentação saudável, orgânica e nutrição funcional, pancs e aproveitamento integral de alimentos.

Priscila Novaes - @kitandadasminas

Priscila Novaes, pesquisadora, cozinheira e produtora cultural. Formou-se em Técnica em Cozinha pela ETEC Camargo Aranha. Fundadora do Coletivo Mulheres de Orí onde lida com as questões voltadas ao desenvolvimento econômico das mulheres, proprietária da Kitanda das Minas, empreendimento de impacto social que atua em prol da valorização e reconhecimento da população africana e da diáspora. Como pesquisadora, investiga a trajetória de vida das mulheres negras que adotaram como estratégia de sobrevivência a arte de produzir e comercializar alimentos, estudo que deu origem ao livro “Ajeum – O Sabor das Deusas” que aborda temas como religiosidade, comércio de rua e patrimônio imaterial brasileiro.

Frank Skwirut

Mestre Cervejeiro formado pela Seibel Institute nos Estados Unidos e pela Doemens Akademie Alemanha. Sócio fundador da Cervejaria TRIA e colaborador na cerveja Azedinha da Pokazideia.

Isadora Bello Fornari - @isadinha

Apaixonada pelos sabores do Brasil, a paulistana tem a cachaça como veículo para apresentar as riquezas do seu país. Isadinha, como é conhecida, é uma das principais referências em bebidas nacionais.

Maurício Maia - @mauriciooctmaia

Cozinheiro e Cachacier, é especializado em bebidas destiladas pelo WSET (Wine and Spirits Education Trust) de Londres, é um dos principais especialistas em cachaças do país. Atua como consultor e professor, ministrando cursos por todo o Brasil e em diversos países do exterior.

TURMAS JÁ
FORMADAS

Quer falar com a gente?

TOP